Design By Dotcomwebdesign.com Powered By CMSimple
Home > Os livros > Hora Santa

Hora Santa

Roteiro para a Hora Santa mensal do Apostolado da Nova Evangelização (ANE)

 
pdf para impressão(246KB) - página A4, horizontal, frente e verso
comprar 

 

Hora Santa

Arcebispado de Cochabamba

Deus permita, em sua infinita misericórdia, que cadaoração seja pronunciada com o coração, como opede a Santíssima Virgem Maria. Que o homem dehoje, no lugar em que o Senhor o colocou, compreendaque Jesus deve ser o centro de sua vida. Que ahumanidade redescubra o valor da Santa Eucaristia,pão da vida ao qual nos leva Maria.

Estamos certos de que a Santíssima Virgem Mariaprotegerá a todos os fiéis que se unirem com Elanesta Hora Santa, pedindo pela redenção do mundoe, particularmente, pela renovação eclesial pelaqual tanto anelamos, para que nossa Igreja seja verdadeiramenteuma comunhão de fé e fraternidade.

Autorizamos com alegria esta publicação, iniciativado Apostolado da Nova Evangelização, desejandoque seja praticada com fervor para que o Senhorabençoe o seu povo na vigília do terceiro milêniocristão.

+Mons. René Fernández Apaza
Arcebispo de Cochabamba

Cochabamba, Bolívia - 1º de março de 1998.

Hora Santa
Adoração

Eterno Pai,eu Vos agradeço porque Vosso infinito Amor me salvou, mesmo contra minha própria vontade. Graças, meu Pai, por Vossa imensa paciência que esperou por mim. Graças, meu Deus, por Vossa incomensurável compaixão que teve piedade de mim. A única recompensa que posso Vos dar em retribuição de tudo o que me destes é minha fraqueza, minha dor e minha miséria.

Estou diante de Vós, Espírito de Amor, que sois fogo inextinguível, e quero permanecer em Vossa adorável presença, quero reparar minhas faltas, renovar-me no fervor de minha consagração e entregar-Vos minha homenagem de louvor e adoração.

Jesus bendito, estou diante de Vós e quero arrancar de Vosso Divino Coração inumeráveis graças para mim e para todas as almas, para a Santa Igreja, Vossos Sacerdotes e religiosos. Permiti, oh Jesus, que estas horas sejam verdadeiramente horas de intimidade, horas de amor nas quais me seja dado receber todas as graças que Vosso Coração Divino reserva para mim.

Virgem Maria, Mãe de Deus e minha Mãe, uno-me a Vós e Vos suplico que me façais partícipe dos sentimentos de Vosso Coração Imaculado.

«Meu Deus, eu creio, adoro, espero e Vos amo. Peço-Vos perdão para os que não crêem, não adoram, não esperam e não Vos amam.»
«Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, adoro-Vos profundamente e ofereço-Vos o preciosíssimo Corpo, Sangue, Alma e Divindade de Jesus Cristo, presente em todos os sacrários da terra, em reparação dos ultrajes, sacrilégios e indiferenças com que Ele mesmo é ofendido. E pelos méritos infinitos do Seu Santíssimo Coração e do Coração Imaculado de Maria, peço-Vos a conversão dos pobres pecadores.»

Ato de fé e adoração

Creio, oh Jesus, com minhamais viva fé, que estais realmente presente, aqui, diante de mim, sob asespécies Eucarísticas; Vós, o Verbo eterno do Pai, gerado desde todos osséculos e encarnado nas entranhas da Virgem Mãe, Jesus Cristo Redentor e Rei.Creio, realmente, que estais presente na verdade inefável de Vossa Divindade ede Vossa Humanidade.

Jesus, sois o mesmo de Belém,o divino Menino que aceitou por mim o aniquilamento, a pobreza e a perseguição.Sois o Jesus de Nazaré, que por meu amor abraçou o ocultamento, as fadigas e aobediência. Sois o Divino Mestre, aquele que veio para ensinar-me as docesverdades da fé, trazendo o grande mandamento do amor: Vosso Mandamento. Sois oSalvador Misericordioso, que Vos inclinais sobre todas as minhas misérias cominfinita compreensão e comovedora bondade, sempre pronto a perdoar, a curar, arenovar. Sois a Vítima Santa, imolada para a glória do Pai e pelo bem de todasas almas. Sois o Jesus que por mim suou sangue no Horto do Getsêmani; sois quempor mim sofreu a condenação de tribunais humanos, a dolorosíssima flagelação, acruel e humilhante coroação de espinhos, o martírio cruel da crucifixão. Soisquem quis agonizar por mim. Sois Jesus Ressuscitado, o vencedor da morte, dopecado e do inferno. Quem está desejoso de me comunicar os tesouros da vida divinaque possuís em toda plenitude.

Jesus meu, Vós estais aqui,presente na Hóstia Consagrada, Santa, com um Coração transbordante de ternura,um Coração que ama infinitamente. Em Vosso Coração, Jesus, encontro o AmorInfinito, a Caridade divina: Deus, princípio de vida, existente e vivificante.Que doce é para mim, Deus meu, Trindade Santíssima, adorar-Vos neste Sacrárioem que agora estais!

Por isso me uno aos Anjos eSantos que, invisíveis mas presentes e vigilantes junto ao Vosso Sacrário, Vosadoram incessantemente. Uno-me, sobretudo, a Vossa Mãe Santíssima e aossentimentos de profunda adoração e de intenso amor que brotaram de Sua almadesde o primeiro instante de Vossa Encarnação e quando Vos levava em Seu seioimaculado.

E enquanto Vos adoro nesteSacrário, faço-o em todos os Sacrários do mundo e, especialmente, naqueles nosquais estais mais abandonado e esquecido. Adoro-Vos em cada Hóstia Consagradaque existe entre o Céu e a terra.

Adoro-Vos, Deus Pai, porquepor meio de Cristo desceste até minha humanidade e porque, por Seu Coraçãoadorável, Vos unistes tão estreitamente ao homem, a mim, pobre criaturaingrata. Adoro-Vos neste templo, santificado pela presença sempre atual deVosso Ser divino; prostro-me até o nada, em adoração diante de Vossa MajestadeSoberana mas, ao mesmo tempo, o amor me eleva até Vós.

Adoro-Vos, Deus Pai, e Vosamo; o amor e a adoração estão totalmente confundidos e misturados em minhaalma, tanto que não saberia dizer se mais adoro do que amo ou se mais amo queadoro... Adoro-Vos porque encontro em Vós todo poder e toda santidade, justiçae sabedoria; porque Vós sois meu Criador e meu Deus. Amo-Vos porque encontro emVós toda beleza, toda bondade, toda ternura e toda misericórdia. Amo-Vos porqueme presenteaste com um tesouro incalculável.

Jesus é meu tesouro, é meu e acada instante posso tirar dEle graças a mãos cheias, pois encontro-o sempre comabundância. Dele retiro o quanto necessito para pagar minhas dívidas, pararemediar minhas necessidades, encontrar delícias, ganhar uma coroa. Que dominefável é este Jesus com Seu Coração transbordante de ternuras! Um tesouro quejamais se esgota: quanto mais retiro, mais ele aumenta.

Oh, Deus Pai, tanto amastesVossas criaturas que lhes deste Vosso Filho único e, para que a Majestade deVosso Verbo não nos infundisse temor e nossas almas pudessem se dirigir a Elecom confiança, Vós O revestistes de uma carne semelhante à nossa. Vós Oembelezastes com as graças mais atraentes e, sobretudo, Vós Lhe destes umCoração infinitamente perfeito; tanto que deveria ser a morada de Vossasdelícias, porque Vossa divina plenitude vive nEle e a mais humilde dascriaturas tem ali seu lugar de privilégio.

Esse adorado Coração, imensocomo Vós, Deus meu, porque Vos contém, é também minha morada, pois me ama. NEleme encontro com Vossa divindade e, ao ver-me nesse Sagrado asilo, Vossa justaira se aplaca e Vossa justiça se desarma.

Adoro-Vos, Deus Pai, por Jesuse em Jesus. Adoro a Jesus, Vosso Filho, que por Sua Humanidade é meu irmão epor Sua Divindade é meu Deus. Amo-Vos por Jesus e com Jesus. Amo-Vos peloCoração de Jesus, que o amor fez meu. Amo-Vos em Jesus. Por Ele chega até Vósmeu amor, por Ele posso Vos alcançar e Vos abraçar.

R.: Deus meu, reconheço queVós sois a Bondade Infinita e creio em Vosso amor por mim.

V.: No mistério sublime da Unidade de Vossa Natureza e daTrindade de Vossas Pessoas,
R.: Deus meu...

V.: Na harmonia de Vossas inumeráveis perfeições,
R.: Deus meu...

V.: Na riqueza inesgotável com que fazeis os seres donada,
R.: Deus meu...

V.: Na pacífica posse de Vossa eterna Bem-Aventurança,
R.: Deus meu...

V.: Na sabedoria infinita com que governais todas ascoisas
R.: Deus meu...

V.: Na bondade inefável com que elevais o homem àdignidade de filho Vosso,
R.: Deus meu...

V.: Na Misericórdia infinita com que tolerais e conservaiso pecador,
R.: Deus meu...

V.: No misterioso decreto que estabeleceu a Redenção,
R.: Deus meu...

V.: No infinito rebaixamento de Vossa Encarnação,
R.: Deus meu...

V.: Nas humilhações, nos ocultamentos, nos trabalhos deVossa vida terrena,
R.: Deus meu...

V.: Nos opróbrios de Vossa Paixão e morte,
R.: Deus meu...

V.: Na glória de Vossa Ressurreição, de Vossa Ascensão ede Vosso triunfo nos Céus,
R.: Deus meu...

V.: No Vosso divino Coração, aberto pela lança noCalvário,
R.: Deus meu...

V.: Em Vosso divino Coração revelado a Vossos Santos notranscurso dos séculos,
R.: Deus meu...

V.: Em Vosso divino Coração que palpita de amor por nós emVosso peito adorável e presente em nossos Sacrários,
R.: Deus meu...

V.: Em Vosso divino Coração, transbordante de misericórdiapara os pobres pecadores, especialmente no Sacramento da Penitência,
R.: Deus meu...

V.: Em Vosso Sacerdócio, que através dos séculos continuaVossa obra de Misericórdia e de salvação,
R.: Deus meu...

V.: Em Vosso Vigário, que Vos representa visivelmente naterra,
R.: Deus meu...

V.: Na Igreja, que conserva e dispensa às almas ostesouros de Vossa divina graça,
R.: Deus meu...

V.: Em seu magistério infalível, em seu sábio governo, emseu inefável poder de santificação,
R.: Deus meu...

V.: Em Maria Santíssima, Vossa Mãe, enriquecida com tantosprivilégios e constituída também Mãe, Corredentora e Advogada nossa,
R.: Deus meu...

V.: Na exuberante fecundidade com que produzis Santos,
R.: Deus meu...

V.: Na comovedora generosidade com que dispensais Vossosdons,
R.: Deus meu...

V.: No misterioso trabalho da graça na intimidade dasalmas,
R.: Deus meu...

V.: No dom purificador de Vossa Cruz,
R.: Deus meu...

V.: Na maravilhosa providência com que seguis a cadacriatura no curso de sua vida,
R.: Deus meu...

V.: Em Vossa glória infinita, que comunicais a Vossoseleitos fazendo-os eternamente felizes no Céu,
R.: Deus meu...

Senhor: a Igreja, na recitaçãodo Glória da Santa Missa, convida-me a Vos dar graças por Vossa grande glória,convida-me a agradecer-Vos, glorificar-Vos e louvar-Vos pelo que sois, Deusmeu. Por esta razão, me é grato Vos repetir: dou-Vos graças, porque sois o AmorInfinito.

Depois de ter-me prostradopara adorar-Vos no Coração de Jesus, quero agradecer-Vos. Agradeço-Vos, meuDeus, porque sois o Amor e Vos agradeço pelos dons de Vosso amor. E já que osdons mais apreciados, os da vida sobrenatural, Vós nos destes por Jesus, étambém por Ele, com Ele e nEle que quero elevar até vós o hino dereconhecimento.

Em união com Jesus Vosagradeço, Deus Pai, por todas as graças pessoais que me concedestes. Vós medestes a vida, tirando-me do nada e me conservastes dia a dia até este momento.Mas Vós me destes outra vida mais valiosa, a da graça, que me faz participantede Vossa mesma vida divina e, depois da primeira graça com a que mesantificaste no dia do batismo, quantas graças me foram concedidas, queconservaram, aumentaram e, talvez, reconquistaram a vida sobrenatural!

Penso nos dons de Vosso amor,dos quais tanto tenho desfrutado:

Na Igreja, que me destes para que seja minha mestra e guiaaté a eternidade.

Nos Sacerdotes, que me outorgaram os dons de Vosso amor.

Nos perdões continuamente renovados.

Na Eucaristia, que tem sido para mim alimento, sustento econsolo.

Na Virgem, que é minha boa Mãe, minha consoladora, meuauxílio, minha especial protetora em cada instante de minha vida.

No Paraíso, que preparastespara mim e que com Vossa graça espero alcançar.

Contemplo minha vida semeadade alegrias e dores e compreendo que tudo nela tem sido amor. Tudo, oh meuDeus, porque de Vosso Coração amante não pode sair nada que não seja graça eamor.

Por tudo isto,

R.: Dou-vos graças, meuDeus.

V.: Pelas alegrias que me permitistes gozar, assim comopelas dores e as provas com que semeastes meu caminho,
R.: Dou-vos graças...

V.: Pelas graças conhecidas e pelas desconhecidas,
R.: Dou-vos graças...

V.: Pelos favores do passado e dos do futuro,
R.: Dou-vos graças...

V.: Por tudo o que tendes feito por mim, e por tudo o queainda desejareis fazer no futuro,
R.: Dou-vos graças...

V.: Sobretudo, por terdes me chamado ao conhecimento deVosso Amor e a consagrar-me a ele,
R.: Dou-vos graças...

V.: Pela Vossa luz e alegria, que estou tão longe demerecer,
R.: Dou-vos graças...

V.: Pela luz e a alegria que o conhecimento de Vosso amortrouxe para minha vida,
R.: Dou-vos graças...

V.: Pela posse de Vosso amor que Vos faz ser meu e a mimme faz ser Teu,
R.: Dou-vos graças...

Mas não quero e não posso Vosdar graças somente por mim. Dou-Vos graças também por todos os dons que VossoAmor tem derramado na Igreja. Pelos benefícios outorgados aos Anjos e aosSantos, louvores perenes de Vosso amor. E sobretudo pelos benefíciosinumeráveis que destes a Maria Santíssima, nossa doce Mãe. Dou-Vos graças por aterdes feito tão grande, tão santa, tão bela. Dou-Vos graças pelos privilégiosque lhe concedestes, pelo trono de glória sobre o qual a colocastes, pelamissão que lhe confiastes. Dou-Vos graças por terdes feito desta criaturapredileta uma mãe em que posso e devo colocar todas as minhas esperanças.

Para que meu reconhecimentoseja mais eficaz, permito-me, oh Senhor, vivificá-lo com o amor. Por isso Vosdigo e repito que Vos amo com todo meu coração, com toda minha alma, com todomeu entendimento e com todas as minhas forças.

V.: A Vós, que sois o amor infinito,
R.: Eu Vos amo, meu Deus.

V.: A Vós, que me salvastes por Vosso amor,
R.: Eu Vos amo...

V.: A Vós, que me ordenais que Vos ame,
R.: Eu Vos amo...

V.: Com todo o meu coração,
R.: Eu Vos amo...

V.: Com todo o meu espírito,
R.: Eu Vos amo...

V.: Com todas as minhas forças,
R.: Eu Vos amo...

V.: Acima de todos os bens e honras,
R.: Eu Vos amo...

V.: Acima de todos os prazeres e alegrias,
R.: Eu Vos amo...

V.: Mais que a mim mesmo e que a tudo o que me pertence,
R.: Eu Vos amo...

V.: Mais do que aos meus pais e amigos,
R.: Eu Vos amo...

V.: Mais do que a todos os homens e anjos,
R.: Eu Vos amo...

V.: Acima de todas as coisas criadas no céu e na terra,
R.: Eu Vos amo...

V.: Somente por Vós mesmo,
R.: Eu Vos amo...

V.: Porque Vós sois o Sumo Bem,
R.: Eu Vos amo...

V.: Porque Vós sois infinitamente digno de ser amado,
R.: Eu Vos amo...

V.: Porque sois infinitamente perfeito,
R.: Eu Vos amo...

V.: Mesmo que não me houvesses prometido o Paraíso,
R.: Eu Vos amo...

V.: Mesmo que não me alertasses com o inferno,
R.: Eu Vos amo...

V.: Mesmo que me provasses com a miséria e a desventura,
R.: Eu Vos amo...

V.: Na abundância e na pobreza,
R.: Eu Vos amo...

V.: Na prosperidade e no infortúnio,
R.: Eu Vos amo...

V.: Nas honras e nos desprezos,
R.: Eu Vos amo...

V.: Nas alegrias e nas dores,
R.: Eu Vos amo...

V.: Na saúde e na doença,
R.: Eu Vos amo...

V.: Na vida e na morte,
R.: Eu Vos amo...

V.: No tempo e na eternidade,
R.: Eu Vos amo...

V.: Em união com o amor com que todos os Santos e AnjosVos amam no Céu,
R.: Eu Vos amo...

V.: Em união com o amor com que Vos ama a Bem-AventuradaVirgem Maria,
R.: Eu Vos amo...

V.: Em união com o amor infinito com que nos amaiseternamente,
R.: Eu Vos amo...

Oh meu Deus, que possuís emabundância incompreensível tudo o que pode haver de perfeito e digno de amor,extingui em mim todo amor culpável, sensual e desordenado pelas criaturas, eencendei em meu coração o fogo puríssimo de Vosso amor, a fim de que amesomente a Vós, por Vós, até o ponto em que, consumido em Vosso santíssimo amor,possa ir amar-Vos eternamente no Céu, com os eleitos. Amém.

Senhor, agora quero fazerreparação diante de Vós. Oh Jesus, Vítima divina de nossos altares, grande eúnico Reparador, eu também me uno a Vós para cumprir, convosco e por meio deVós, o papel de pequena alma reparadora.

Dirijo-me também a Vós, ohminha Mãe, para que assim como no Calvário oferecestes ao Pai o Vosso Jesus,que se imolava por Sua glória e pela salvação das almas, assim renoveis nestemomento o oferecimento místico em meu lugar.

No cálice de Vosso CoraçãoImaculado, oferecei, oh doce Virgem, as dores de Jesus junto às Vossas, parainvocar a Divina Misericórdia sobre mim e sobre o mundo inteiro. Depois de terVos dado graças por Vossos dons sem fim, como posso não me confundir à vista deminhas culpas e de minhas infidelidades? Com quanta ingratidão e frieza tenhorespondido aos vossos benefícios! Prostrado diante de Vós, que tanto me tendesamado, cheio de confusão e de arrependimento, invoco o Vosso perdão e VossaMisericórdia.

V.: Pelo mau uso que fiz dos dons naturais recebidos emminha vida, minhas energias, meu tempo, meus sentidos, minha inteligência,minha língua,
R.: Oh Jesus, tende piedadede mim!

V.: Pelas desobediências pequenas e grandes à Vossa lei,
R.: Oh Jesus...

V.: Pelos deveres descuidados ou mal cumpridos,
R.: Oh Jesus...

V.: Pelo bem que poderia fazer e não fiz,
R.: Oh Jesus...

V.: Porque deixei triunfar muitas vezes em mim as másinclinações do orgulho, da vaidade e do egoísmo,
R.: Oh Jesus...

V.: Porque não pratiquei o mandamento da caridade, comoVós ordenastes,
R.: Oh Jesus...

V.: Porque deixei estéreis em mim tantas graças,
R.: Oh Jesus...

V.: Pela tibieza com que pratiquei minha vida de piedade,
R.: Oh Jesus...

V.: Pela indiferença e frieza com que respondi aos dons deVosso amor,
R.: Oh Jesus...

V.: Por ter preferido muitas vezes as criaturas e assatisfações humanas em lugar de Vós e de Vossas consolações,
R.: Oh Jesus...

V.: Pela pouca fidelidade e generosidade com que tenhovivido minha consagração,
R.: Oh Jesus...

V.: Pela falta de fé e abandono em Vosso amor,
R.: Oh Jesus...

V.: Pela falta de dedicação às almas e à Igreja,
R.: Oh Jesus...

V.: Por minhas rebeliões e pouco amor a Vossa Vontade e aVossa cruz,
R.: Oh Jesus...

Confundo-me em Vossa presença, oh meu Deus.

Ajoelho-me aos Vossos pés.

Prostro-me junto a Vós, ohJesus, Hóstia Divina, Redentor e Salvador meu, como um dia fez Madalena. E se ébem certo que sou indigno de Vosso amor, estou seguro de que tereis para mim amesma ternura misericordiosa.

Salmo 51 (50)
Miserere

Tende piedade de mim, Senhor, segundo a vossa bondade.
E conforme a imensidade de vossa misericórdia,
apagai a minha iniqüidade.
Lavai-me totalmente de minha falta,
e purificai-me de meu pecado.

Eu reconheço a minha iniqüidade;
diante de mim está sempre o meu pecado.
Só contra vós pequei:
o que é mau fiz diante de vós.

Vossa sentença assim se manifesta justa,
e reto o vosso julgamento.
Eis que nasci na culpa,
minha mãe concebeu-me no pecado.

Não obstante, amais a sinceridade de coração.
Infundi-me, pois, a sabedoria no mais íntimo de mim
Aspergi-me com um ramo de hissope e ficarei puro.
Lavai-me e me tornarei mais branco do que a neve.

Fazei-me ouvir uma palavra de gozo e de alegria.
para que exultem os ossos que triturastes.
Dos meus pecados desviai os olhos,
e minhas culpas todas apagai.

Ó meu Deus, criai em mim um coração puro,
e renovai-me o espírito de firmeza.
De vossa face não me rejeiteis,
e nem me priveis de vosso santo Espírito.

Restitui-me a alegria da salvação,
e sustentai-me com uma vontade generosa.
Então aos maus ensinarei vossos caminhos,
e voltarão a vós os pecadores,

Deus, ó Deus, meu salvador,
livrai-me da pena desse sangue derramado,
e a vossa misericórdia a minha língua exaltará.
Senhor, abri meus lábios,
a fim de que minha boca anuncie vossos louvores.

Vós não vos aplacais com sacrifícios rituais
e se eu vos ofertasse um sacrifício, não o aceitaríeis.
Meu sacrifício, ó Senhor, é um espírito contrito,
um coração arrependido e humilhado, ó Deus
que não haveis de desprezar.

Senhor, pela vossa bondade,
tratai Sião com benevolência
reconstruí os muros de Jerusalém.
Então, aceitareis os sacrifícios prescritos,
as oferendas e os holocaustos;
então, sobre vosso altar,
vítimas vos serão oferecidas.

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre!
Amém.

Com a confiança de ter obtido de Vossa Infinita Misericórdia o perdão por minhas inumeráveis faltas, ofensas e negligências, permito-me, oh Jesus, pedir-vos perdão também por meus irmãos.

Penso nos inumeráveis pecados que são cometidos diariamente no mundo: pecados dos indivíduos e das nações, pecados dos súditos e dos governantes; pecados de orgulho, de sensualidade e de cobiça; pecados de pensamento, de palavras, de obras e de omissão.

Por todos estes pecados e pelos pobres infelizes que os cometem, atrevo-me a pedir, oh Jesus, a efusão de Vossa infinita misericórdia. São os pecados que Vos fizeram agonizar no Horto das Oliveiras e submergiram Vossa santíssima alma em um mar de tristeza.

Não esqueçais, oh Jesus, que livremente quisestes carregá-los; que quisestes “fazer-Vos pecado”, para apagar os nossos; não esqueçais, oh Jesus, que Vos oferecestes à ira do Pai, para resgatar a Vossos irmãos culpados.

Oh Jesus, rogo-Vos que renoveis Vosso oferecimento ao Pai, apresentando-lhe novamente Vossas Chagas; mostrai os espinhos, os flagelos e os cravos que transpassaram vossas carnes; mas, especialmente, fazei-o ver Vosso Coração ferido e transbordante de amor por Ele e por nós, e pedi o Seu perdão.

Recordai, oh Jesus, que maior que todas as nossas faltas é a Vossa Misericórdia. Vertei-a, oh Jesus, sobre o mundo culpado. Buscai as ovelhas que se afastaram de Vosso redil e mostrai-lhes quão grande é o poder de Vosso amor de Salvador.

E já que Vosso Coração está ferido pelas faltas dos mais íntimos, para os que renovam o beijo de Judas ou a negação de Pedro,também para eles, oh Jesus, invoco Vosso perdão. Que nenhum deles realize o gesto desesperado de Judas, mas que Vossa graça os induza, como a Pedro, a uma reparação de amor.

Ladainha do Sagrado Coração de Jesus

Senhor, tende piedade de nós.

Cristo, tende piedade de nós.

Senhor, tendepiedade de nós.

Jesus Cristo, ouvi-nos.

Jesus Cristo, atendei-nos.

Deus Pai dos céus, tende piedade de nós.

Deus Filho, Redentor do mundo tendepiedade de nós.

Deus Espírito Santo, tende piedade denós.

SantíssimaTrindade, que sois um só Deus, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, Filho do Pai Eterno, tendepiedade de nós.

Coração de Jesus, formado pelo EspíritoSanto no seio da Virgem Mãe, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, unido substancialmente aoVerbo de Deus, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, de majestade infinita, tendepiedade de nós.

Coração de Jesus, templo santo de Deus, tendepiedade de nós.

Coração de Jesus, tabernáculo do Altíssimo, tendepiedade de nós.

Coração de Jesus, casa de Deus e porta docéu, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, fornalha ardente decaridade, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, receptáculo de justiça ede amor, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, cheio de bondade e deamor, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, abismo de todas asvirtudes, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, digníssimo de todo olouvor, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, rei e centro de todos oscorações, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, no qual estão os tesourosda sabedoria e da ciência, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, no qual habita toda aplenitude da divindade, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, no qual o Pai pôs as Suascomplacências, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, de cuja plenitude todosnós recebemos, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, desejo das colinaseternas, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, paciente e de muitamisericórdia, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, rico para todos os que Vosinvocam, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, fonte de vida e desantidade, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, propiciação pelos nossospecados, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, saturado de opróbrios, tendepiedade de nós.

Coração de Jesus, esmagado pelos nossospecados, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, feito obediente até amorte, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, atravessado pela lança, tendepiedade de nós.

Coração de Jesus, fonte de toda aconsolação, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, nossa vida e ressurreição,tende piedade de nós.

Coração de Jesus, nossa paz e reconciliação,tende piedade de nós.

Coração de Jesus, vítima dos pecadores, tendepiedade de nós.

Coração de Jesus, salvação dos que esperamem Vós, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, esperança dos que morremem Vós, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, delícia de todos os santos, tende piedade de nós.

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, perdoai-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, ouvi-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, tende piedade de nós.

V. Jesus, manso e humilde de coração.

R. Fazei nosso coração semelhante ao vosso.

V. Sagrado Coração de Jesus,

R. Em Vós confio.

V. Doce Coração de Maria,

R. Sede a nossa salvação.

V. Jesus e Maria, eu Vos amo com toda minha alma,

R. Salvai almas e salvai-me.

Súplica

Antes de afastar-me deste Santo Sacrário, desejo, oh meu Jesus, recorrer às riquezas infinitas de Vosso Coração divino.

Consagrado ao Vosso amor, creio que não posso pedir nada melhor que a satisfação de Vossos mesmos desejos. São estes, Vossos divinos desejos, os que quero apresentar ao Pai antes de terminar este tempo de graças e em Vosso Nome suplicar que os escute.

O primeiro desejo de Jesus é a salvação das almas; redimir o mundo por meio do amor, estabelecer o Reino do Amor Infinito em toda a terra.

Permiti, pois, oh Jesus, que expresse meu ardente voto de que se estabeleça em todo o mundo o Reino de Vosso Amor. Oh Amor Infinito, que viveis no Divino Coração de Jesus, sede conhecido dos homens a fim de que eles Vos amem como Vós desejais ser amado.

O segundo desejo de Jesus é o de servir-se, para essa grande obra, dos sacerdotes; fazer deles operários ativos e, por seu intermédio, operar nas almas e no mundo.

Oh Jesus, Sacerdote eterno e Salvador do mundo, para realizar este ardente desejo de Vosso Coração, multiplicai as vocações. Enviai muitos e santos operários para Vossa messe.

Oh Jesus, fazei de cada sacerdote um verdadeiro semeador de Vosso amor.

Rogo-Vos pelo Santo Padre, pelos Bispos, por todos os sacerdotes que me fizeram bem... por todos os sacerdotes.

Peço-Vos, oh Jesus, que os sustenteis nas batalhas, que os conforteis na solidão, que os alenteis nos fracassos, que torneis fecundas suas fadigas e derrameis em seus corações o amor de Vosso Coração Divino.

Senhor, para zelar por Vossa honra e Vossa glória,
R.: Dai-nos sacerdotes santos.

Senhor, para aumentar nossa fé,
R.: Dai-nos...

Senhor, para sustentar Vossa Igreja,
R.: Dai-nos...

Senhor, para pregar Vossa doutrina,
R.: Dai-nos...

Senhor, para defender Vossa causa,
R.: Dai-nos...

Senhor, para combater o erro,
R.: Dai-nos...

Senhor, para aniquilar as seitas,
R.: Dai-nos...

Senhor, para sustentar a verdade,
R.: Dai-nos...

Senhor, para dirigir nossas almas,
R.: Dai-nos...

Senhor, para melhorar os costumes,
R.: Dai-nos...

Senhor, para desterrar os vícios,
R.: Dai-nos...

Senhor, para iluminar o mundo,
R.: Dai-nos...

Senhor, para ensinar as riquezas de Vosso Coração,
R.: Dai-nos...

Senhor, para fazer-nos amar ao Espírito Santo,
R.: Dai-nos...

Senhor, para que todos os Vossos ministros sejam luz do mundo e sal da terra,
R.: Dai-nos...

Oh Jesus, Santo Sacerdote, pedimo-Vos com a maior humildade da alma, que aumenteis as vocações sacerdotais e que os formeis segundo os desígnios de Vosso Coração amante. Somente assim conseguiremos sacerdotes santos e logo no mundo não haverá mais que um só rebanho e um só Pastor. Amém.

Oração Final

Oh Jesus,Sacerdote Eterno, Divino Sacrificado, Vós que em um impulso de incomparávelamor aos homens, Vossos irmãos fizestes brotar de Vosso Sagrado Coração oSacerdócio cristão, dignai-Vos continuar derramando sobre Vossos ministros astorrentes vivificantes do Amor Infinito.

Vivei emVossos sacerdotes, transformai-os em Vós; fazei-os, por Vossa graça,instrumentos de Vossa misericórdia; agi neles e por eles, e fazei que, depoisde haverem se revestido totalmente de Vós, pela fiel imitação de Vossasadoráveis virtudes, cumpram, em Vosso Nome e pelo poder de Vosso Espírito, asobras que Vós mesmo realizastes para a salvação do mundo.

DivinoRedentor das almas, olhai quão grande é a multidão do que ainda dormem nastrevas do erro; contai o número das ovelhas desgarradas que caminham entreprecipícios; considerai a multidão de pobres, famintos, ignorantes e fracos quegemem no abandono.

Volvei anós, Senhor, por Vossos sacerdotes, revivei verdadeiramente neles, agi por meiodeles e passai de novo pelo mundo, ensinando, perdoando, consolando,sacrificando e renovando os laços sagrados do amor, entre o Coração de Deus e ocoração do homem. Amém.

Fazei, ohJesus, que a Obra de Vosso amor responda sempre plenamente aos fins para osquais a quisestes; fazei que se estenda e se consolide, e conquiste todas asalmas para o Reino dulcíssimo de Vosso Amor.

Oh Jesus, pedi o Vosso Reino.Não é necessário que peça nada para mim, terei todo o resto por acréscimo. Vóssabeis o que preciso; vede e fazei o que Vosso Coração sugerir. Eu me confio aoVosso Coração, abandono-me a Vossa doce Providência e, enquanto isso, dou-Vosgraças pelo dom destas horas de intimidade Convosco. Agradeço-Vos desde já,unido a Maria, por todos os benefícios que Vosso Amor me reserva já no tempo ena eternidade.

Cântico da Santíssima Virgem:
"Magnificat"

A minh’almaengrandece ao Senhor
e exulta meuespírito em Deus meu Salvador;
porque olhou paraa humildade de sua serva;
doravante asgerações hão de chamar-me de bendita.
O Poderoso fez emmim maravilhas,
e Santo é o seunome!
Seu amor parasempre se estende
sobre aqueles queo temem;
manifestou opoder de seu braço,
dispersou ossoberbos;
derrubou ospoderosos de seus tronos
e elevou oshumildes;
saciou de bens osfamintos,
e despediu osricos de mãos vazias.
Acolheu Israel,seu servidor,
fiel ao seu amor,
como haviaprometido a nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos parasempre.

Glória ao Pai, aoFilho e ao Espírito Santo.
Como era noprincípio, agora e sempre. Amém.



Apostolado da Nova Evangelização
www.a-n-e.net     www.jesucristovivo.org
Calle 1H No.104 esquina 20
Col. México Norte, C.P. 97128
Tel: (52) (999) 944-05-40 Fax: (52) (999) 948-17-77
Mérida, Yucatán, México

ANE Brasil
http://ane-brasil.leiame.net/